quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Desejo....


Uma caricia,
o corpo pede sempre mais,
um beijo,
a boca a demorar-se,
a respiração altera-se, é pesada...
as mãos vagueiam sabendo exactamente
onde querem ir e o que fazer....
O desejo aumenta
na antecipação do que virá
o desejo impera....
Olhas-me, olho-te e nesse delicioso momento
fechamos os olhos e sorrimos....

7 comentários:

Anónimo disse...

sensual e belo

Ricardo Mendonça disse...

Obrigado pelo comentário... :)
Gostei do teu blog, assim como as imagens, as palavras também me fascinam.
Beijinhos

farrusco disse...

o pensamento vagueia
pelo teu corpo sensual
o pudor escondido na mente
o desejo é insaciável
não é alcançado...
está distante...

volta para mim,
vem vaguear pelo meu ser,
procura aquilo que é teu,
e toma-me

Anónimo disse...

"Por uma noite"

Tocas no rosto enquanto o ar não sai
Inspiro sem medo do acto que vem
Envolvo os pés como mãos
Do toque nasce a nossa ilusão

Desenhas os risos de um novo medo
Que o peito demonstra sem qualquer sossego
Faz tempo que a culpa se foi
Ficámos de pensar só depois
Do erro.

Já pouco nos resta fechar os olhos
Escondemos actos sem qualquer receio ou angustia
Que nos prende a vontade de sentir
O corpo com prazer

Rasgas-me a roupa sem qualquer pudor
Enquanto buscas o ar pela boca
Passeias o teu cheiro no meu corpo
Por entre os braços misturo tudo
Após o prazer ficaremos mudos
Sem saber
Se é por uma noite

Grito teu nome sem saber
Como será o amanhã
Foi um sonho real
Por uma noite.

AugustoMaio disse...

Lindo texto. Além do mais...

AugustoMaio disse...

resposta: o Blog, a qualidade, a serena ousadia.
obrigado pela visita.

Intermitências de Ecos disse...

Intenso. Muito.

Parabéns.