segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Revolta

Actualmente as relações, mesmo as de longa duração, parecem não significar nada....Pergunto-me: de que serve a dedicação a uma pessoa durante tantos anos, se no final acabamos por magoar-nos?
Penso: depois da revelação de uma traição qual o sentimento que resta de um amor verdadeiro, fiel, durante quase 25 anos de casamento? Tristeza? Apatia? Solidão?
Não!
Revolta! É isso que sinto ao olhar para ela na sua profunda dor... Revolta pela vida que perdeu ao segui-lo, revolta por lhe ter dedicado toda a sua atenção e amor...
Quantos anos esteve ela a sofrer? Quantas desilusões lhe estão impregnadas na alma?
No entanto, como se revela superior a isso... como admiro a sua força de carácter, o facto de tentar mostrar a nós e ao mundo que está bem, apesar de saber-mos que não, de não derramar uma única lágrima a lamentar-se da sua sorte cruel....

2 comentários:

Tânia Silva disse...

Acho que sei de que "revolta" falas...gosto muito desse teu 'cantinho' minha AMIGA do coração...essas férias passamos muito pouco tempo juntas...:( mas nunca te esqueças que és e serás SEMPRE a minha melhor amiga.ADORO-TE

P.S: acompanho assiduamente o teu blog e acredita que estou a gostar muito do que leio, revela muito da pessoa que és.Continua assim!

suzi disse...

adoro esse texto.. me tocou muito, e sei muito bem do que estas a falar... bj maninha